Pandemia31/08/2020 | 21h09Atualizada em 31/08/2020 | 21h09

Cinco novos casos foram registrados nesta segunda-feira

Agosto é o mês mais letal da pandemia de coronavírus na Serra gaúcha. Até a noite desta segunda-feira (31), são 138 mortes de pacientes diagnosticados com covid-19 em 65 municípios da região. Em julho, até então o mês com maior número de mortes, foram 131 vidas perdidas para a doença. A maior parte dos casos continua se concentrando em Bento Gonçalves, com 101 vítimas, e Caxias do Sul

Acompanhe os casos confirmados na Serra

Nesta segunda-feira foram incluídas cinco novas mortes na contagem da região. O 98º caso de Caxias é um homem que morreu no domingo. O paciente era tinha 61 anos e sofria com um câncer de pulmão. Ele estava na UTI do Hospital Geral desde o último dia 23.

Canela, que é a terceira cidade da região em número de mortes, confirmou o 18º caso no boletim desta segunda. Uma idosa de de 69 anos, que tinha comorbidades pulmonares e relacionadas a hipertensão arterial sistêmica, morreu na noite de domingo (30), no Hospital de Caridade de Canela (HCC).  

Leia mais:
Presídio do Apanhador, em Caxias do Sul, tem 140 novos casos de covid-19
Testes identificam 18 casos de coronavírus em casas asilares de Caxias do Sul 

Farroupilha chegou a 12 vítimas da doença com a morte de um idoso de 74 anos. Ele  estava internado na UTI do Hospital Beneficente São Carlos e morreu na sexta-feira (28). Antônio Prado soma cinco vítimas com a confirmação da morte de um idoso de 76 anos. Já Monte Alegre dos Campos registrou o primeiro óbito de paciente que possuía coronavírus. Trata-se de uma mulher de 66 anos. 

Até a publicação desta reportagem, os casos de Canela e Farroupilha não estavam contabilizadas nos números da Secretaria Estadual da Saúde (SES) e, portanto, não constavam na estatística nacional. A SES atualiza o boletim diariamente, mas pode levar alguns dias para cada vítima entrar na contagem, o que gera uma discrepância momentânea. 

 Leia também:
Contexto de pandemia pode criar um ambiente propenso para a compra de votos
Gramado monitora aglomerações na Rua Coberta 



Source link