– Quando chegamos aqui, fizemos os exames (sorologia e PCR), ficamos dois dias em quarentena e não tivemos nenhum caso positivo. Isso deu tranquilidade para que todos iniciassem os treinamentos de forma gradual, com muito cuidado em relação a possíveis lesões musculares. As instalações estão totalmente adequadas, adaptadas à nova situação de saúde. E o atendimento é o melhor possível – disse o vice-presidente.

Os 72 atletas brasileiros que fazem parte da primeira fase da Missão Europa integram modalidades como boxe, ginástica artística, ginástica rítmica, judô, nado artístico e natação. Com o sucesso desses primeiros dias de “intercâmbio”, a ideia é manter os protocolos e usar a experiência de exemplo para os próximos atletas, especialmente aqueles de esportes coletivos, que ainda estão por chegar em Portugal. Vale destacar que a dupla campeã olímpica Martine Grael/Kahena Kunze deve iniciar os trabalho da vela em Cascais nesta segunda-feira.

– Viemos com um protocolo muito bem definido nesta primeira semana e todos cumpriram tudo à risca. Foi uma semana de diversos aprendizados, mas também de resultados muito bons. Não houve nenhuma queixa clínica pensando na pandemia, nem monitoramentos mais próximos junto aos atletas. Não vamos mudar muito agora, porque o uso de máscaras continua sendo indicado pelo governo português, e não temos como afrouxar, porque são cuidados e medidas de higiene que continuarão por um bom tempo – explicou coordenadora médica do COB, Ana Carolina Côrte.



Source link