Santa Catarina tem 132.008 casos de Covid-19 em todos os 295 municípios e 2.027 mortes provocadas pela doença, segundo dados divulgados pelo governo do estado na noite deste sábado (22). A taxa de letalidade pela infecção respiratória é de 1,54%. No total, 120.423 pacientes estão recuperados e 9.558 continuam em tratamento.

Confira abaixo os principais dados:

  • 132.008 casos confirmados. Na sexta (21), eram 130.349
  • foram acrescentados ao boletim 1.659 casos em 24 horas
  • 2.027 mortes. Na sexta, eram 1.995
  • foram acrescentados 32 óbitos em 24 horas
  • 120.423 recuperados
  • taxa de ocupação de leitos da UTI na rede pública é de 74,5%
  • 378 leitos vagos
  • testes com resultado: 256.805 (PCR) e 171.215 (testes rápidos), mais 3.113 diagnósticos clínicos
  • 2.952 testes em análise
  • taxa de letalidade é de 1,54%
  • todos os 295 municípios do estado têm pelo menos um caso da doença
  • 199 cidades têm pelo menos uma morte

Os municípios com a maior parte dos casos são Joinville (11.080), Blumenau (7.783), Balneário Camboriú (5.497), Florianópolis (5.190), Chapecó (4.996), Itajaí (4.616), Criciúma (4.358), Brusque (3.930), São José (3.660) e Palhoça (3.655).

Dos 1.482 leitos de UTI pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no estado, 1.104 estão ocupados, sendo 466 por pacientes com confirmação ou suspeita de Covid-19. A taxa de ocupação é de 74,5% e há 378 leitos livres atualmente.

Restrições na Grande Florianópolis

As quatro maiores cidades da Grande Florianópolis decidiram renovar por mais 14 dias os decretos com proibições e restrições para várias atividades, com o objetivo de tentar frear o contágio do coronavírus. A capital e São José já publicaram os decretos na sexta (21) e Biguaçu e Palhoça devem seguir na mesma linha, mantendo o acordo de impor as mesmas regras dentro da região.

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) entende que o governo do estado não cumpriu integralmente a decisão judicial que determinou que fossem definidas as medidas de combate ao coronavírus a serem adotadas pelos municípios em cada grau de risco da doença. Agora a Justiça precisa decidir se concorda ou não com o órgão. A Procuradoria-Geral do Estado disse que só vai se manifestar após uma nova determinação judicial.

A decisão sobre as medidas de combate ao coronavírus é da 2ª Vara da Fazenda Pública de Florianópolis em 6 de agosto. Na segunda-feira (17), o governo de Santa Catarina publicou uma portaria com as ações de prevenção ao contágio a serem tomadas pelas regiões de acordo com a classificação de cada uma no mapa de risco.

Porém, para o promotor de Justiça Luciano Nascenweng, o estado fez “uma evidente manobra para descumprimento da decisão judicial. Inovou ao classificar as atividades, unilateralmente e sem qualquer critério claro, como sendo de interesse regional ou local, contrariando a expressa determinação da decisão judicial”.

Municípios com casos de Covid-19:

Municípios com mortes por Covid-19:

Veja mais notícias do estado no G1 SC



Source link