A Rússia ultrapassou, esta quinta-feira, os 100 mil casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus, após 7.099 pessoas terem sido diagnosticadas com Covid-19, o que representa um novo máximo no que ao crescimento diário diz respeito.

O país, que nos últimos dias ultrapassou China e Irão no número de infetados por SARSCoV-2 para ascender ao oitavo lugar dos mais afetados pela pandemia em todo o mundo, soma, até à data, 106.498 casos positivos.

De acordo com os dados veiculados pela agência noticiosa estatal TASS, a pandemia matou, nas últimas 24 horas, mais 101 pessoas, o que significa que, desde que o primeiro caso foi detetado no país, no final do passado mês de janeiro, houve já a lamentar 1.073 óbitos.

Neste mesmo espaço de tempo, 1.333 cidadãos receberam alta hospitalar, pelo que, feitas as contas, já um total de 11.619 foram dados como curados em território russo.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.


Google Play Download



Source link