[ad_1]

Ruas vazias, comércio fechado, pontos turísticos sem turistas. Este cenário em Lisboa e em várias cidades do país explica porque os casos de Covid-19 são menores por lá, comparados aos da vizinha Espanha, por exemplo. E com menos casos por habitante, os doentes que precisam de atendimento têm mais chances.

O número de casos de Covid-19 está estável há duas semanas, sugerindo que a doença já alcançou seu ápice em Portugal. Mesmo assim, o presidente Marcelo Rebelo de Sousa quer prolongar o estado de emergência até primeiro de maio.

[ad_2]

Source link