[ad_1]

O número de vítimas mortais em Portugal devido ao novo coronavírus aumentou para 1.719, mais 2 óbitos face a ontem, quando estavam contabilizados 1.717, anunciou a Direção Geral de Saúde (DGS) esta segunda-feira, 27 de julho.

O número de óbitos é superior ao anunciado ontem (1) e inferior à média dos últimos sete dias (4).

O número de infetados (casos confirmados) aumentou 0,27% para 50.299, o que representa 135 novos casos em 24 horas. Ontem tinha sido anunciado um aumento de 0,42% para 50.164.

A taxa de crescimento do número de infetados baixou (0,27% contra 0,42% ontem). Em termos absolutos o número de novos casos compara com a média diária dos últimos sete dias de 218.

Lisboa e Vale do Tejo com 75% dos casos
Na região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT) registaram-se 101 novos casos (contra 155 ontem), o que representa 75% do total de novos casos no país. Os dois novos óbitos foram registados em LVT.

Na conferência de imprensa, a ministra da Saúde, Marta Temido, indicou que 67% dos casos ativos se localizam em LVT.

A governante referiu também que existem 196 surtos ativos distribuídos da seguinte forma: 41 no Norte, 13 no Centro, 119 em Lisboa e Vale do Tejo, 10 no Alentejo e 13 no Algarve.

Tendo em conta o número de infetados e de vítimas mortais, a taxa de letalidade é de 3,42%, idêntica à de ontem e o valor mais baixo desde 16 de abril e que compara com o pico de 4,37% registado no início deste mês.

No que diz respeito aos doentes recuperados, existem agora 35.375 casos, mais 158 do que o reportado ontem (35.217).

Doentes nos cuidados intensivos em mínimos desde 22 de março

Os dados da Direção-Geral de Saúde (DGS) indicam que dos mais de 50 mil casos confirmados, 414 estão internados em hospitais, mais 11 do que ontem (403), correspondendo a 3,1% dos casos ativos (3,05% ontem).

No que diz respeito aos doentes internados nas Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), registam-se 45 pacientes, menos três do que na véspera, que representam 0,34% dos casos ativos e o número mais baixo desde 22 de março.

O número de casos ativos baixou em 25 para 13.205, o que representa 26,25% do total de casos confirmados, a percentagem mais baixa desde o início da pandemia, e o número mais baixo desde 1 de julho.

Segundo o boletim diário da DGS, há 828 mortos no Norte, 588 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 252 no Centro e 21 no Alentejo. Os Açores registam 15 óbitos, o Algarve tem 15 falecidos e a Madeira continua sem vítimas mortais a lamentar.

[ad_2]

Source link