Skip to Content

Blog

Rondônia chega a 74 mortes por Covid-19 e tem 1.963 casos da doença neste domingo, 17 | Rondônia


Rondônia tem 1.963 casos do novo coronavírus neste domingo (17), segundo dados da Secretaria Estadual da Saúde (Sesau) divulgados no início da noite. Agora, o estado tem 74 mortes decorrentes da doença, cinco a mais do que no sábado (16), quando eram 69 óbitos.

Ariquemes confirmou a primeira morte por Covid-19 neste domingo. O paciente é um homem de 53 anos, que foi a óbito poucas horas após das entrada na unidade de saúde referência no atendimento de pacientes com coronavírus.

Neste domingo foram confirmados mais de 40 novos casos de Covid-19 em Rondônia, sendo 35 casos em Porto Velho, 3 em Ariquemes , 3 em Guajará-Mirim, 2 em Candeias do Jamari, 2 em Alta Floresta, 1 em Cujubim e 1 em Presidente Médici.

Porto Velho segue disparado entre as cidades com mais casos da doença, 1,5 mil. A capital também lidera em número de mortos pela Covid-19, mais de 50. Guajará-Mirim aparece em segundo lugar com o maior número de mortes: 12.

Os 1.963 casos confirmados para Covid-19 são nas seguintes localidades:

  • 1.509 em Porto Velho
  • 152 em Ariquemes
  • 47 em JI-Paraná
  • 36 em Guajará-Mirim
  • 29 em Cacoal
  • 25 em Jaru
  • 21 em Urupá
  • 20 em Candeias do Jamri
  • 19 em Ouro Preto do Oeste
  • 15 em Vilhena
  • 13 em Mirante da Serra
  • 10 em Rolim de Moura
  • 7 em Cujubim
  • 5 em Alto Paraíso
  • 5 em Buritis
  • 5 em Nova Mamoré
  • 5 em Primavera de Rondônia
  • 4 em Alto Alegre dos Parecis
  • 4 em Governador Jorge Teixeira
  • 4 em Pimenta Bueno
  • 3 em Espigão do Oeste
  • 3 em Nova Brasilândia
  • 2 em Alvorada do Oeste
  • 2 em Itapuã do Oeste
  • 2 em Machadinho do Oeste
  • 2 em Novo Horizonte
  • 2 em Santa Luzia do Oeste
  • 2 em Theobroma
  • 2 em Vale do Anari
  • 2 em Rio Crespo
  • 1 em Cacaulândia
  • 1 em Alta Floresta
  • 1 em Campo Novo
  • 1 em São Felipe do Oeste
  • 1 em São Miguel do Guaporé
  • 1 em Presidente Médici

Neste domingo ocorreram cinco novos óbitos por Covid-19, sendo dois em Porto Velho: uma mulher de 87 anos e um homem de 67 anos. O terceiro óbito foi em Guajará-Mirim, sendo uma mulher de 86 anos. O quarto óbito foi em Vale do Anari, uma mulher de 74 anos. A quinta morte é de um homem de 53 anos, em Ariquemes.

Casos confirmados de coronavírus em Rondônia

Primeiro caso foi confirmado pelo Estado no dia 20 de março

Fonte: Sesau/RO

Ao todo, o estado tem 74 óbitos por Covid-19, nas seguintes cidade:

  • Porto Velho – 51
  • Guajará-Mirim – 12
  • Ji-Paraná – 3
  • Campo Novo – 1
  • Cujubim – 1
  • Rolim de Moura – 1
  • Mirante da Serra – 1
  • Alto Paraíso – 1
  • Buritis – 1
  • Ariquemes -1
  • Vale do Anari -1

O estado segue com 738 paciente já recuperados da doença. Em nota, a Sesau diz que por causa da instabilidade do sistema eSUS, “não foi possível a atualização de dados de diversos municípios e, por este mesmo motivo, a quantidade de pacientes recurados permanece o mesmo de sábado”.

Os números do Ministério mostram que Rondônia é o 21° com mais casos de Covid-19 no Brasil.

O boletim da Sesau ainda informa que há, neste domingo:

  • 148 pacientes internados na rede pública de saúde
  • 75 pacientes internados na rede particular
  • 5 pacientes internados na rede municipal
  • 8.261 testes realizados
  • e 465 pacientes aguardando testes do Lacen

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) criou o “Disque Corona” com o objetivo de tirar dúvidas de moradores sobre a Covid-19 antes de procurarem as unidades de saúde de Rondônia.

Segundo a Sesau, profissionais de saúde são as pessoas que atendem a população do outro lado da linha e orientam o que é recomendado para cada caso.

Dados dos Estados — Foto: Rodrigo Sanches/ G1

CORONAVÍRUS – CLOROQUINA



Source link

0 0 Continue Reading →

SC Ports welcomes American solar manufacturer | Brazil Modal

South Carolina Ports Authority has announced that First Solar, Inc., America’s largest solar manufacturer, has selected Greenville, South Carolina, for its new distribution hub on the East Coast.

Headquartered in Arizona, First Solar operates the Western Hemisphere’s largest photovoltaic (PV) module manufacturing footprint in Northwest Ohio, as well as factories in Malaysia and Vietnam. The company plans to open a 41,800m3 distribution hub in Greenville — its first in the Southeast — to warehouse and stage deliveries for its customers in the United States.

First Solar will benefit from both the Port of Charleston’s access to international markets, such as Vietnam, and its overnight rail connection from the Port of Charleston to Inland Port Greer, SC Ports’ inland operation in Upstate South Carolina.

First Solar anticipates bringing up to 7,000 containers per year through the Port of Charleston, beginning in late May. Upon arrival at Inland Port Greer, cargo will be transported to First Solar’s nearby distribution hub in Greenville.

The facility sits near Inland Port Greer, which is located along Interstate 85 in Upstate South Carolina between Atlanta and Charlotte. Inland Port Greer extends the Port of Charleston’s reach 212 miles inland by providing overnight rail service via Norfolk Southern. The inland terminal reaches 90 million consumers within a 500-mile radius, which can be reached in a one-day truck trip.

SC Ports Authority opened Inland Port Greer in 2013 with BMW Manufacturing Co. as its launch customer. The inland operation has seen consistent growth since then and as a result, Inland Port Greer handled a record 157,000 rail moves in calendar year 2019, up 29% year-over-year.

“With its proximity to Inland Port Greer and our world class port system, First Solar’s investment in the economic and job growth of the Upstate will be pay dividends for years to come,” commented Sen. Karl Allen, SC senate district 7.

Fonte: http://brazilmodal.com.br/2015/internacional/sc-ports-welcomes-american-solar-manufacturer/

0 0 Continue Reading →

Coronavírus: País chega a 241 mil casos e encosta em dados do Reino Unido


Dois meses após o registro da primeira morte decorrente de coronavírus no país, o Brasil registra 16.118 óbitos por Covid-19. Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde neste domingo, 17, foram confirmadas 485 novas mortes. Ao todo, o Brasil registra 241.080 casos, 7,9 mil a mais em relação a sábado. O país é o quarto no mundo com maior número de casos diagnosticados e com as confirmações deste domingo encostou nos números do Reino Unido, que tem 243 mil casos confirmados. Estados Unidos e Rússia são os países com mais infectados até o momento.

A atualização dos dados deste domingo, no entanto, não reflete completamente o número de pessoas que foram diagnosticadas ou tiveram mortes confirmadas nas últimas 24 horas.  Segundo o Ministério da Saúde, a fila de testes faz com que as confirmações não ocorram na mesma velocidade do avanço da doença. Aos fins de semana, o registro também é mais lento, por isso o número de infectados, recuperados e mortos deve ser maior que o informado.

Dos 241 mil casos, 94.122 estão recuperados, afirma o Ministério, o dado equivale a 39% do total de casos.

São Paulo lidera casos

Conforme o balanço divulgado neste domingo, São Paulo continua à frente no ranking nacional: ao todo, são 62.345 casos confirmados e 4.782 mortes. Na sequência estão Ceará, com 24.255 casos e 1.641 mortos, Rio de Janeiro, com 22.238 casos e 2.715 óbitos.

Continua após a publicidade

Em meio a escalada de casos, o Rio de Janeiro trocou o secretário de Saúde devido um escândalo de corrupção. Conforme adiantado por VEJA, Edmar Santos foi demitido. A pasta da Saúde carioca é alvo da Operação Favorito, da Polícia Federal e do Ministério Público Federal (MPF), que investiga o empresário Mário Peixoto, maior fornecedor de mão-de-obra terceirizada da atual gestão Witzel e também do ex-governador Sérgio Cabral. Em nota, Witzel afirmou que a demissão se deve por “falhas na gestão de infraestrutura dos hospitais de campanha para atender as vítimas de Covid-19”.

 



Source link

0 0 Continue Reading →

Covid-19: veja o total de casos na região de Ribeirão Preto em 17 de maio, segundo as prefeituras



Maior cidade da região, Ribeirão Preto confirmou a 13ª morte em função da Covid19 e atualizou o total de registros para 507. Taquaritinga e Ituverava …



Source link

0 0 Continue Reading →

Coronavírus: Drauzio Varella explica por que a mortalidade entre obesos é mais alta | Fantástico


O doutor Drauzio Varella traz um alerta importante para mais da metade da população brasileira: a obesidade é um problema crônico, que aumenta o risco de ter complicações como pressão alta, diabetes e doenças cardiovasculares. No Brasil, 57% dos adultos estão acima do peso ideal, e 20% dos brasileiros são obesos.

Existe uma epidemia de obesidade no país, e isso tem influência na epidemia da coronavírus. Pelos dados do Ministério da Saúde, a mortalidade dos jovens obesos é mais alta do que os idosos obesos com Covid-19: entre aqueles com menos de 60 anos, é de 57%; os com mais de 60 anos, de 43%.

A relação entre obesidade e o agravamento dos pacientes começou a chamar atenção a partir da explosão de casos nos Estados Unidos, onde 42% da população é considerada obesa. Um médico dos EUA diz que a obesidade é o segundo principal fator de risco pra Covid, atrás apenas da idade.

“Foi uma relação baseada em muito amor”, revela suposto companheiro de Gugu

‘Foi uma relação baseada em muito amor’, revela suposto companheiro de Gugu



Source link

0 0 Continue Reading →

Sergipe tem mais de 3.300 casos da Covid-19 e 57 mortes pela doença | Sergipe


Errata: Incialmente a SES havia informado 3.443 casos, mas corrigiu a informação para 3.343 casos. A informação foi corrigida às 20h40.

Os óbitos são três homens de Aracaju: 76 anos, com neoplasia; 79 anos com diabetes; e 95 anos de idade com DPOC, diabetes e cardiopatia. E uma mulher de São Cristóvão, que tinha 81 anos e tinha hipertensão e obesidade.

Estão sendo investigados mais 14 óbitos, sendo cinco homens, oito mulheres e uma criança de seis meses. São 1.073 pessoas curadas até o momento. Foram realizados 8.662 exames e 5.318 foram negativados. Estão internados 165 pacientes, sendo 82 em leitos de UTI (34 na rede privada e 48 na rede pública) e 83 em leitos clínicos (28 na rede privada e 55 na rede pública).



Source link

0 0 Continue Reading →

Coronavírus: Itália tem menor número de novos casos em 24 h desde março – 17/05/2020


A Itália atualizou para 31.908 o número de mortes por coronavírus, informou hoje a Agência Nacional de Proteção Civil. Nas últimas 24 horas, 145 novos óbitos foram registrados, o menor aumento diário registrado desde 4 de março.

Atualmente, existem 68.351 casos ativos de coronavírus em toda a Itália, uma redução de 1.836 infectados de ontem para hoje.

Ontem, o primeiro-ministro italiano Giuseppe Conte disse que o país está assumindo um “risco calculado” enquanto se prepara para afrouxar as medidas de confinamento a partir de amanhã.

O país passou cerca de 10 semanas em bloqueio total.



Source link

0 0 Continue Reading →

Coronavírus: Número de mortes no Brasil por covid-19 chega a 16.118



Os casos confirmados da covid19 saltaram de 233.142 para 241.080. Foram 7.938 novos casos registrados em 24 horas. A taxa de letalidade da covid …



Source link

0 0 Continue Reading →

China recomenda estoques maiores de alimentos por medo de surto de coronavírus no Brasil – 17/05/2020 – Mercado


A China pediu que empresas de comércio e processadoras de alimentos aumentem os estoques de grãos e oleaginosas diante de uma possível segunda onda do coronavírus e o agravamento da doença em outros países.

Essas companhias foram foram orientadas a adquirir maiores volumes de soja, óleo de soja e milho, principais matérias-primas para a produção de ração animal.

O receio é de fechamento de portos ou redução no ritmo de embarques tanto ao redor do mundo quanto na China.

Um comerciante ouvido pela agência de notícias Reuters citou a disseminação da doença no Brasil afirmando “que as coisas não parecem bem” no país.

O Brasil é o principal fornecedor de soja para a China e também um grande exportador de carne para o país asiático. Mas o país continua com aumento no número de casos de Covid-19.

O número de mortos no país superou a marca de 15 mil no final de semana.

O Ministério do Comércio da China não respondeu a um pedido de comentário sobre planos para aumentar estoques de alimentos.

Os embarques brasileiros de soja foram adiados ​em março e abril devido a uma combinação de fortes chuvas e mão de obra reduzida à medida que entraram em vigor regras de contenção por causa do coronavírus, levando a uma queda nos estoques chineses de soja para baixas recordes.

As chegadas do Brasil desde então se recuperaram, mas autoridades continuam cautelosas com novas interrupções.

Nas últimas semanas, o conglomerado agrícola estatal chinês COFCO e o distribuidor de grãos Sinograin aumentaram as compras de soja e milho nos EUA.

Os americanos são os mairoes produtores de soja e milho do mundo, mas vinham sendo preteridos pelos chineses, especialmente em um contexto de disputa comercial entre os países.

Pequim também aumentou suas alocações de cotas de importação para os principais compradores de grãos, abrindo caminho para novas compras em potencial.



Source link

0 0 Continue Reading →

Índia prolonga confinamento pela Covid-19 até 31 de maio | Mundo


Neste domingo, a Índia registra 95.664 casos confirmados e 3.025 mortes pela Covid-19, segundo dados da Universidade Johns Hopkins. Esses números, porém, são considerados subestimados, já que poucas pessoas foram testadas na Índia, onde vivem 1,3 bilhão de pessoas. A tendência dos números de casos confirmados com a Covid-19 na Índia ainda é de alta.

A autoridade indiana acrescentou que as restrições serão modificadas “se for necessário para facilitar as atividades econômicas, enquanto se combate o vírus”. A Índia passa a permitir o trabalho em cozinhas de restaurantes para a retirada da comida ou para a entrega a domicílio. Os complexos esportivos e os estádios podem organizar atividades, mas sem público nas arquibancadas.

Apesar de a Índia ter tido bons resultados econômicos nos últimos anos, a pobreza e a desigualdade social ainda são grandes problemas no país. Além disso, a Índia ainda apresenta problemas básicos de infraestrutura, como a dificuldade para o acesso à água potável.

Com o isolamento, a população mais pobre tem sofrido por não poder se deslocar para o trabalho ou mesmo garantir o dinheiro para a comida. Quase 90% dos trabalhadores na Índia estão no setor informal, sem salário mínimo ou mesmo direitos trabalhistas.

Em abril, o governo liderado pelo primeiro-ministro Naredra Modi anunciou um auxílio emergencial para os mais pobres do país, além da distribuição de alimentos.

Segundo o comunicado deste domingo (17), escolas, locais de culto, centros comerciais, cinemas e academias devem permanecer fechados. Aglomerações também continuam proibidas.

Os serviços de metrô nas cidades e os voos nacionais e internacionais também permanecem suspensos, de acordo com o texto.



Source link

0 0 Continue Reading →
Iniciar conversa
Precisa de ajuda?