[ad_1]

Índia supera 50.000 mortes provocadas pelo coronavírus

Equipe de saúde organiza teste de swab em Mumbai, Índia – AFP

A Índia alcançou nesta segunda-feira 50.921 mortes provocadas pelo novo coronavírus, depois de registra 941 óbitos nas últimas 24 horas, de acordo com dados do ministério da Saúde.

O país superou na semana passada o Reino Unido no quarto lugar em número de vítimas fatais, atrás dos Estados Unidos, Brasil e México, e registra 2,6 milhões de casos.

O segundo país mais populoso do planeta, que tem algumas das maiores cidades e subúrbios, é o terceiro com mais infectados, sendo superado apenas por Estados Unidos e Brasil.

Muitos analistas consideram que o número real de afetados pode se muito maior devido ao reduzido nível de testes de diagnóstico no país. Além disso, muitas mortes não são registradas por um sistema de saúde cronicamente subfinanciado.

Apesar do aumento do número de mortos, o ministério da Saúde afirmou no domingo que a taxa de letalidade do vírus é uma das “menores do mundo”, abaixo de 2%.

“Uma estratégia agressiva de testes de diagnóstico, amplo rastreamento e o tratamento eficaz por meio de uma série de medidas contribuíram para o alto nível de curas existente”, afirmou o ministério em um comunicado.

No sábado, o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, disse que o país está desenvolvendo pesquisas e testes com três possíveis vacinas e que o governo está preparado para produzir grandes quantidades de doses se alguma delas se mostra viável.

“Assim que recebermos a luz verde de nossos cientistas, iniciaremos a produção em larga escala da vacina. Já fizemos todos os preparativos”, disse Modi no sábado, Dia da Independência.

Veja também

+ Quarta parcela do auxílio sai hoje (14) para os nascidos em agosto

+ Cunhado de Maradona morre de Covid-19 na Argentina

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

[ad_2]

Source link