[ad_1]

O Governo do Paraná está projetando que o estado tenha até 30 mil casos confirmados da Covid-19. A informação foi dada pelo secretário de Saúde Beto Preto e pelo governador Ratinho Junior (PSD) durante coletiva na manhã desta terça-feira (14), em Guarapuava, na região central do Paraná.

De acordo com boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) de segunda-feira (13), o Paraná tem 768 casos confirmados e 33 mortes causadas pelo novo coronavírus.

Ratinho Júnior afirmou que o número de casos deve subir no estado a partir de maio, com redução prevista para os meses de julho e agosto.

De acordo com o secretário Beto Preto, o governo trabalha com a projeção de entre 10 mil e 30 mil diagnósticos, dependendo de fatores como o comportamento da população quanto ao isolamento social.

“Nós temos diversos cenários que são colocados. Depende muito do tratamento não-farmacológico, que é o distanciamento social e isolamento domiciliar”, afirmou.

O secretário disse ainda que há cidades onde a circulação comunitária do vírus está mais forte e, por este motivo, o governo vai manter as orientações de isolamento.

“Tivemos duas semanas muito duras e vamos colher essas semanas nos próximos dias. Tivemos a corrida aos bancos juntando com a semana da páscoa, que as pessoas saíram às ruas”, disse.

Ainda durante a coletiva, o Ratinho Junior não descartou que o governo possa adotar outras medidas como a parada total de atividades por causa da pandemia.

Governador Ratinho Junior e o secretário de Saúde Beto Preto falam com a imprensa após visita — Foto: RPC Guarapuava

Governador Ratinho Junior e o secretário de Saúde Beto Preto falam com a imprensa após visita — Foto: RPC Guarapuava

Durante a manhã, o governador e o secretário de Saúde visitaram as obras do Hospital Regional de Guarapuava, que deve receber casos da Covid-19 para tratamento.

De acordo com o governo, 91% da obra está concluída e o prédio deve ser entregue em um prazo de 40 dias.

O hospital de Guarapuava deve contar com 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), além de outros 80 de enfermaria.

Além de Guarapuava, o governo também disse que irá inaugurar hospitais em Telêmaco Borba, nos Campos Gerais, e Ivaiporã, no norte, dentro de 45 dias.

O Hospital Regional de Guarapuava deve começar a funcionar em 40 dias — Foto: RPC GuarapuavaO Hospital Regional de Guarapuava deve começar a funcionar em 40 dias — Foto: RPC Guarapuava

O Hospital Regional de Guarapuava deve começar a funcionar em 40 dias — Foto: RPC Guarapuava

[ad_2]

Source link