[ad_1]

Porém, isso não significa que a doença esteja sendo transmitida às pessoas por seus animais de estimação. Acredita-se que o animal pegou o vírus de seu dono, que teve Covid-19 no mês de maio. Ambos já se recuperaram.

O animal de seis anos apresentou sintomas como falta de ar e secreção nasal.

Inicialmente, um veterinário particular tinha diagnosticado o animal com herpes felino. Mais tarde, em junho, um programa do Glasgow Center for Virus Research analisou amostras coletadas de centenas de gatos e concluiu que a gata estava infectada pelo Sars-Cov-2.

A diretora veterinária do Reino Unido, Christine Middlemiss, afirmou à BBC que esse tipo de contaminação “é muito raro” e que os animais detectados com o novo coronavírus tiveram apenas sintomas leves e se recuperaram em poucos dias.

“Não há evidências que sugiram que os animais transmitam diretamente o vírus aos seres humanos. Continuaremos a monitorar essa situação de perto e atualizaremos nossas orientações aos donos de animais, caso a situação mude”, declarou à BBC.

A presidente da Associação Veterinária Britânica, Daniella dos Santos, afirmou à BBC que aconselha donos de animais de estimação que estiverem com Covid-19 ou estejam em isolamento que restrinjam o contato com os pets por medida de precaução. Ela também ressaltou a importância de reforçar a higienização e a lavagem das mãos.

[ad_2]

Source link