Uma campanha realizada pelo Serviço Social do Transporte (Sest) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) fez testes, durante o mês de junho, em 645 profissionais do transporte no Amapá; 164 deles testaram positivo para o novo coronavírus (25,4%).

Ainda segundo o Sest/Senat, 19,7% desses trabalhadores não apresentou sintomas da doença. A ação da instituição aconteceu durantes os períodos de 8 a 12 e 19 a 21 de junho, com o objetivo de mensurar os impactos do vírus no setor de transporte rodoviário.

No estado, caminhoneiros autônomos, motoristas de carga, cobradores e motoristas do transporte coletivo fizeram as aferições, que aconteceram em postos de combustíveis, postos da Polícia Rodoviária Federal e terminais rodoviários.

A diretora do Sest/Senat, Julie Rodrigues, contou que, no painel de testagem de Covid-19 pelo país, o Amapá configurou na 5ª posição entre os detectados positivos.

“Comparado ao nível nacional, que foi de 8,6%, o Amapá representou um nível e infecção de mais de 25%”, comparou a diretora.

A diretora acrescentou que órgãos de saúde e segurança pública também fizeram parceria com a instituição e ajudaram a orientar os profissionais do segmento para o tratamento da doença.



Source link