[ad_1]

Não existe um levantamento oficial do número de profissionais da saúde afastados em todo o Brasil. Mas, o Fantástico apurou essa semana que quase 7 mil profissionais, entre médicos, técnicos de enfermagem e enfermeiros, foram afastados do trabalho desde o começo da pandemia por apresentarem sintomas suspeitos. Entre os que conseguiram fazer o teste, pelo menos 1.400 estavam infectados, e 18 deles morreram de Covid-19.

O número de enfermeiros e técnicos possivelmente infectados e afastados deu um salto esta semana. O aumento foi de 660% – passou de 158 para 1.203 casos. A maioria dos profissionais de enfermagem afastados tem entre 31 e 40 anos, e 83 % são mulheres.

Como Mara, que era técnica em enfermagem na emergência de um hospital de Porto Alegre. Acabou se tornando paciente depois de ter sido infectada pelo coronavírus. Esta semana, todos esperavam que ela passasse pelos corredores do hospital, como acontece com muitos curados, no Brasil e no mundo. Mas as palmas dos colegas foram apenas uma homenagem. Mara morreu na última terça-feira.

[ad_2]

Source link