O chefe da Food and Drug Administration (FDA), a agência de vigilância sanitária dos Estados Unidos, confirmou hoje que o teste de vacina contra covid-19 da AstraZeneca está suspenso no país, dizendo que o órgão planeja fazer “um trabalho muito significativo” com o laboratório enquanto conduz uma investigação sobre caso de doença em um participante do ensaio clínico no Reino Unido.

“Estamos aqui para proteger o público americano e faremos um trabalho muito significativo com a empresa para descobrir se há um problema de segurança significativo ou não”, disse o comissário da FDA, Stephen Hahn, em transmissão pelo Instagram com o senador republicano Tim Scott, da Carolina do Sul.

“Não temos todos os fatos, então não sabemos a causa disso, mas realmente precisamos investigar. E nossa principal responsabilidade é a segurança do povo americano”, afirmou Hahn.

Os testes globais da farmacêutica britânica para a vacina, que está desenvolvendo em parceria com pesquisadores da Universidade de Oxford, foram interrompidos em 6 de setembro, depois que um participante do estudo no Reino Unido teve um suposto efeito colateral grave, considerado um raro distúrbio inflamatório espinhal denominado mielite transversa.

O ensaio no Reino Unido foi retomado, assim como os testes da empresa no Brasil e na África do Sul.

A Reuters antecipou na segunda-feira, com base em fontes, que o estudo nos EUA ainda estava suspenso, aguardando as investigações da FDA e de um painel de segurança dos EUA.



Source link