A partir dos dados compartilhados pelas secretarias de saúde dos estados, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) informa sobre a situação do Brasil no combate ao novo coronavírus (SARS-CoV-2) nesta quinta-feira (23). Já são 2.287.475 casos diagnosticados para a COVID-19, sendo que 59.961 deles foram incluídos nas últimas 24h.

Entre as fatalidades da epidemia, o país contabiliza 84.082 óbitos acumulados em decorrência da infecção respiratória, sendo 1.311 novos registros adicionados nas últimas 24 horas. Entretanto, isso não significa que as mortes ocorreram, literalmente, nesse intervalo de tempo. Atualmente, a taxa de letalidade da doença no Brasil é de 3,7%.

Brasil registra mais de 2,2 milhões de casos do novo coronavírus, sendo 84 mil óbitos (Imagem: reprodução/ Conass)

Já a taxa de mortalidade no país é de 40 para cada 100 mil habitantes, enquanto a de incidência da infecção respiratória é de 1.088,5 para cada 100 mil pessoas. Por outro lado, 1.532.138 pessoas já se recuperaram da COVID-19 até o dia ontem (22), segundo o Ministério da Saúde.

Coronavírus entre os estados

Entre os estados brasileiros, é São Paulo que registra os maiores números totais da COVID-19 desde a chegada do coronavírus em fevereiro. São 452.007 casos e 20.894 mortes acumuladas. Outros dois estados brasileiros já ultrapassaram a marca dos 150 mil casos da nova doença respiratória. São eles: Ceará (156.242 casos e 7.374 mortes); e Rio de Janeiro (151.549 casos e 12.535 mortes).

Enquanto isso, Pará (144.467 casos e 5.616 mortes), Bahia (138.358 casos e 3.044 mortes), Maranhão (111.488 casos e 2.840 mortes) e Minas Gerais (102.568 casos e 2.238 mortes) também ultrapassam a marca de 100 mil contaminados. No total, sete estados brasileiros já enfrentam esse quadro de disseminação do novo coronavírus.

Em paralelo, os três estados que menos registram casos da COVID-19, de forma decrescente, são: Mato Grosso do Sul (19.671 casos e 266 mortes); Tocantins (19.423 casos e 326 mortes); e Acre (18.157 casos e 474 mortes).

Confira na tabela a seguir a lista completa do Conass incluindo casos e óbitos da COVID-19 entre os estados do país:

São Paulo, Ceará e Rio de Janeiro registram mais de 150 mil casos da COVID-19, cada (Imagem: reprodução/ Conass)

Entre as cidades brasileiras, até ontem (22), 97,4% dos municípios já notificavam casos da COVID-19, segundo o Ministério da Saúde. No entanto, mais da metade das cidades (61%) registraram menos de 100 casos. Quanto aos óbitos, 3.056 municípios tiveram registros (55%), sendo que 949 (31%) deles apresentaram apenas um óbito confirmado.

COVID-19 no globo

No mundo, mais de 15,5 milhões de pessoas já foram contaminadas pelo vírus da COVID-19, sendo que 633 mil contaminados faleceram em decorrência da infecção. Por outro lado, mais de 9,4 milhões de pessoas já se recuperaram da doença. Em porcentagem, isso representa cerca de 60% dos infectados, segundo a plataforma Worldometer.

Entre os países, o Brasil é a segunda maior nação em número de casos totais e óbitos da COVID-19. O país está atrás apenas dos Estados Unidos, com 4,1 milhões de casos confirmados e 147 mil mortes, segundo levantamento da mesma plataforma. Em terceiro lugar está a Índia, com 1,2 milhão de casos e 30 mil mortos, seguida pela Rússia, com 795 mil casos e 12,8 mil mortes.

Fonte: Conass e Ministério da Saúde  



Source link