De acordo com a administração, sete dos locais vistoriados foram autuados por ausência de controle de fluxo de pessoas e outros cinco por não fornecerem máscaras em número suficiente para os funcionários.

“As autuações preveem a cobrança de multa de 400 UFIC´s (Unidades Fiscais de Campinas), o que equivale a R$ 1.446,44. Em caso de reincidência, a multa dobra. Vale ressaltar sobre a importância da conscientização e co-responsabilização dos estabelecimentos e munícipes no cumprimento das determinações de enfrentamento da Covid-19“, informa a administração, em nota.

A ação foi coordenada pela Vigilância Sanitária, do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa), com participação da Defesa Civil, Procon, Secretaria de Planejamento e Urbanismo (Seplurb), Setec (Serviços Técnicos Gerais) e Guarda Municipal.

Em nota, a administração informou que equipes inspecionaram o camelódromo.

“A Prefeitura de Campinas possui um canal de comunicação para denúncias, o sistema 156, caso sejam observadas situações contrárias às disposições estabelecidas em relação à contenção da Covid-19“, completa a nota.



Source link