O Distrito Federal registrou, até a noite desta sexta-feira (4), 2.681 mortes pelo novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, a Secretaria de Saúde confirmou mais 40 óbitos pela doença. Desses, 29 faleceram nesta semana – sendo duas nas últimas 24 horas, 12 na quinta-feira (3), dez na quarta-feira (2) e cinco na terça (1º).

De acordo com a pasta, o total de infectados desde o início da pandemia chegou a 167.200. Desse total, 152.017 pessoas – o que corresponde a 90,9% – estão recuperadas.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 1.297 casos novos da doença. O maior número de infectados está entre pacientes de 30 a 49 anos, aponta o boletim da Secretaria de Saúde.

Coronavírus: qual a trajetória do vírus pelo mundo até ser decretada a pandemia?

De acordo com o governo, das 2.681 pessoas que morreram na capital, 225 vieram de outros estados para buscar atendimento médico. Das 40 novas mortes registradas nesta sexta, 18 vítimas eram mulheres e 22, homens. A maioria tinha mais de 80 anos.

  • 20 a 29 anos: 1 caso
  • 40 a 49 anos: 4 casos
  • 50 a 59 anos: 7 casos
  • 60 a 69 anos: 9 casos
  • 70 a 79 anos: 6 casos
  • 80 anos ou mais: 13 casos
  • Brazlândia: 1
  • Ceilândia: 5
  • Gama: 1
  • Guará: 4
  • Lago Norte: 1
  • Paranoá: 1
  • Planaltina:
  • Plano Piloto: 1
  • Recanto das Emas: 3
  • Riacho Fundo I: 2
  • Riacho Fundo II: 1
  • Samambaia: 2
  • Santa Maria: 1
  • São Sebastião: 1
  • Sobradinho: 2
  • Sudoeste/Octogonal: 1
  • Taguatinga: 5
  • Vicente Pires: 2
  • Entorno do DF: 3

Regiões com maior número de mortos e infectados

As regiões mais afetadas pela pandemia no DF são Ceilândia, Taguatinga, Plano Piloto, Samambaia e Águas Claras. Veja os números abaixo:

Casos e mortes por coronavírus por região do DF, em 4 setembro — Foto: SES-DF/Reprodução

Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.



Source link