Pernambuco confirmou mais 1.704 novos casos de Covid-19 e 28 novas mortes causadas pela doença, nesta quinta-feira (3). Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), há, atualmente, 130.199 casos confirmados, sendo 25.420 graves e 104.779 leves. O total de mortes no estado chegou a 7.619. No entanto, o governo afirmou que retirou dos dados estaduais 229 casos graves da doença e 65 óbitos que foram confirmados no estado, mas são de pacientes de outros locais.

A retirada afeta o cálculo das médias móveis de confirmações, já que, com a remoção de casos anteriormente confirmados, mas não a real diminuição dos índices. Atualmente, a média móvel de confirmações de mortes por coronavírus está em 20 por dia. Esse número é 38% menor que a média de confirmações do dia 21 de agosto, duas semanas antes, que era de 32 óbitos confirmados por dia. (veja vídeo acima).

Do total de casos confirmados nesta quinta, 40 (2%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Os outros 1.664 (98%) são leves, de pacientes que não demandaram internamento hospitalar. Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Entre os pacientes de outros estados e países que foram retirados do boletim estadual, havia 31 recuperados. Com isso, há, atualmente, 113.496 pacientes recuperados da Covid-19, sendo que 14.962 tiveram quadro grave e 98.534, casos leves.

Nesta quinta, o governo de Pernambuco voltou a divulgar a localização dos casos leves por município. Até então, o estado era o único do Brasil a não divulgar o total de casos por cidade, com mais de 100 mil casos sem localização nos boletins diários.

O G1 chegou a solicitar os números por meio da Lei de Acesso à Informação, por meio da qual o estado é constitucionalmente obrigado a responder, mas não obteve resposta.

Das 28 mortes confirmadas nesta quinta, 17 são de pacientes do sexo feminino e 11 do sexo masculino. Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Araçoiaba (2), Bom Jardim (2), Capoeiras (1), Garanhuns (1), Jaboatão dos Guararapes (3), Jataúba (1), Paulista (12), Pesqueira (2), Recife (3) e Salgueiro (1).

As mortes registradas no boletim desta quinta ocorreram entre 25 de maio e 2 de setembro. Três delas (10,7%) ocorreram nos últimos três dias, sendo todos os três óbitos registrados na quarta-feira (2). As outras 25 mortes (89,3%) ocorreram entre os dias 25 de maio e 30 de agosto.

Os pacientes tinham idades entre 45 e 105 anos. As faixas etárias são: 40 a 49 (1) 50 a 59 (3), 60 a 69 (5), 70 a 79 (9), 80 anos ou mais (10).

Dos 28 pacientes que vieram a óbito, 25 apresentavam comorbidades confirmadas: doença cardiovascular (17), diabetes (12), hipertensão (10), obesidade (5), tabagismo/histórico de tabagismo (4), doença respiratória (2), doença pulmonar (2), doença neurológica (1), esclerose múltipla (1), histórico de AVC (1), doença de Alzheimer (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais estão em investigação.

No boletim desta quinta, o estado informou que foram testados até agora 353.569 testes para detectar a Covid-19. A taxa global de ocupação de leitos era de 55%. Estavam com pacientes 70% das UTIs e 43% das enfermarias.



Source link