[ad_1]

Algumas cidades do litoral do Paraná instalaram barreiras sanitárias para controlar o acesso de pessoas e evitar o contágio do novo coronavírus.

Na abordagem, profissionais da saúde entrevistam os ocupantes dos veículos, perguntando de qual local eles saíram, se tiveram sintomas gripais nos últimos dias e se tiveram contato com uma pessoa que foi diagnosticada com a Covid-19.

O município de Morretes está entre duas barreiras sanitárias. A pessoa que se estiver seguindo pela BR-116 vai encontrar um bloqueio cinco quilômetros depois do portal, já na Estrada da Graciosa.

A outra barreira foi instalada na PR-408, quatro quilômetros antes da cidade.

Barreiras sanitárias para controlar o acesso de pessoas e evitar o contágio do novo coronavírus — Foto: Reprodução/RPC

Conforme o decreto da Prefeitura de Morretes, está proibida a entrada e a circulação de veículos, bicicletas, motocicletas ou similares, que transportem turistas ou pessoas de outros municípios, “cuja justificativa para a entrada ou permanência no município seja a prática de turismo, de esportes, de lazer, de descanso”.

As pessoas que queiram viajar até Antonina e Guaraqueçaba estarão autorizadas a passarem pela barreira, desde que utilizem o município de Morretes como passagem.

A autorização para o acesso aos municípios de Morretes, Antonina ou Guaraqueçaba só vai ocorrer se as pessoas apresentarem comprovante de residência.

Cidades do litoral do Paraná montam barreiras sanitárias contra a Covid-19 — Foto: Reprodução/RPC

“As exceções são para quem está a trabalho, para policiais, ambulâncias, serviços de saúde. Então, eles têm acesso livre”, explicou Elis Triaquim, agente comunitária de Saúde.

Somente nesta sexta-feira (24), pelo menos 60 motoristas foram surpreendidos pela barreira e tiveram que retornar.

O decreto de Morretes ainda restringe o funcionamento do comércio. Hotéis e pousadas permanecem fechados. Os restaurantes podem funcionar com mesas afastadas e medidas de higiene.

O documento também proíbe aglomerações em qualquer ponto da cidade, incluindo trilhas, cachoeiras e margens de rios. A multa é de R$ 100 para quem descumprir a regra.

  • Coronavírus: Cidades do litoral adotam medidas municipais

Em Antonina, os agentes de saúde montaram uma barreira para impedir a entrada de turistas com sintomas da Covid-19.

Esse mesmo controle é feito pela Prefeitura de Guaratuba, mas somente nos fins de semana.

Cidades do litoral do Paraná montam barreiras contra a Covid-19 — Foto: Reprodução/RPC

O Paraná chegou a 63.572 casos confirmados e 1.577 mortes por Covid-19, de acordo com o boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) desta sexta-feira (24). No comparativo com a quinta-feira (23), foram divulgadas 2.241 novas confirmações e 53 mortes causadas pela doença.

Até o momento, 29.696 pessoas que contraíram o vírus se recuperaram.

De acordo com o boletim, 389 cidades do estado já registraram ao menos um caso da Covid-19. Somente dez municípios ainda não tiveram confirmação da doença.

Em 215 cidades, há registro de morte pela doença.

[ad_2]

Source link