[ad_1]

Divulgado nesta sexta-feira (14), o resultado da análise semanal do esgoto de Belo Horizonte e Contagem, na Região Metropolitana, indica queda no número de infectados pelo novo coronavírus na população dos municípios. A estimativa é que 200 mil estejam com a Covid-19, na capital. Na última semana, o apontamento era de 500 mil infectados.

Os valores representam a segunda queda consecutiva. Isso porque, em 31 de julho, o boletim do projeto piloto Monitoramento Covid Esgotos apontava 850 mil pessoas com a doença na mesma região. Segundo os pesquisadores, os números indicam que o pior momento da pandemia, em Belo Horizonte, ocorreu durante o mês de julho.

O estudo alerta que, mesmo em tendência de queda, o número de contaminação pelo novo coronavírus na capital é alto e sugere que as medidas de prevenção e controle sejam reforçadas para que haja a redução da disseminação do vírus. Isso evitaria novos picos e o aumento da transmissão.

Mais uma vez, 100% das amostras de esgoto testaram positivo. Este fato foi verificado nas últimas nove semanas consecutivas na bacia do ribeirão Arrudas e 11 semanas na bacia do ribeirão do Onça.

O projeto Monitoramento Covid Esgotos é uma iniciativa conjunta da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Estações Sustentáveis de Tratamento de Esgoto (INCT ETEs Sustentáveis/UFMG), em parceria com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (COPASA), o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM) e a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG).

[ad_2]

Source link