[ad_1]

Já há 504 mortos e 16 585 casos de covid-19 em Portugal, segundo dados divulgados este domingo de Páscoa no boletim epidemiológico da Direção Geral de Saúde (DGS).

Veja o Mapa interativo que mostra a propagação do coronavírus pelo mundo

No total, há 277 recuperados, mais 11 desde ontem, segundo o boletim diário da DGS. Há 1177 pessoas infetadas internadas, 228 nos cuidados intensivos (menos cinco casos).

O relatório de situação da DGS aponta agora para 136 243 casos suspeitos desde o início do ano, 116 047 não confirmados e 3611 pessoas a aguardar resultado laboratorial. Estão em vigilância pelas autoridades de saúde 25 041 pessoas em Portugal.

O Norte regista o maior número de óbitos, 280, seguindo-se a região centro com 120, Lisboa e Vale do Tejo com 91, o Algarve com nove e os Açores com quatro. O Alentejo continua sem mortos, tal como a Madeira.

Lisboa continua a ser o concelho no País com mais casos confirmados, são já 890. Seguem-se o Porto com 885, Vila Nova de Gaia com 796, Matosinhos com 682, Gondomar com 681, Braga com 621, Maia com 588, Valongo com 479, Ovar com 409, Sintra com 394, Coimbra com 265, Santa Maria da Feira com 269, Cascais com 261, Vila Nova de Famalicão com 211, Guimarães com 201, Loures com 196, Oeiras com 167, Aveiro com 164, Felgueiras com 159, Paços de Ferreira com 158, Amadora com 155, Paredes com 150, Almada com 144, Santo Tirso com 139, Barcelos com 137, Vila Real com 137, Odivelas com 136, Seixal com 129, Oliveira de Azeméis com 117, Lousada com 115 e Viana do Castelo com 104. Estes são os 31 concelhos que registam mais de 100 casos de infeção confirmados.

Telescola regressa no dia 20 de abril para o básico

Os alunos do ensino básico vão retomar as aulas do terceiro período no próximo dia 14 de abril, mas sem aulas presenciais. Os programas vão ser transmitidos através da televisão a partir do dia 20 de abril.

A decisão foi tomada esta quinta-feira na reunião do Conselho de Ministros, sendo “definitiva”, afirmou o primeiro-ministro, sublinhando que o ensino à distância não “significa ausência de ensino, nem o desaparecimento da escola”, frisou António Costa.

Para saber como vai funcionar leia o artigo Telescola regressa no dia 20 de abril para o básico. Como vai funcionar?

Os sintomas do novo coronavírus:

Coronavírus - sintomas

LEIA AQUI TODA A COBERTURA SOBRE O NOVO CORONAVÍRUS


[ad_2]

Source link